quarta-feira, 7 de abril de 2010

Pelo Amor LIVRE

Pelo Amor LIVRE

Eu prometo não te prometer nada
Nem te amar para sempre
Nem não te trair nunca
Nem não te deixar jamais

Estou aqui, te sinto agora
sem máscaras nem artifícios
e enquanto for bom para os dois
que o outro fique

Nada a te oferecer, exceto eu mesmo
Nada a te pedir, exceto que sejas quem tu és
A verdade é o que temos de melhor
para compartilhar um com o outro

Tuas coisas continuam tuas
e as minhas, minhas.
Não nos mudaremos na loucura de tornar eterno
esse breve instante que passa

Se crescermos juntos,
ainda que em direções opostas,
saberemos nos amar como somos
e não teremos medo ou vergonha um do outro

Não te prendo e não permito que me prendas
Nenhuma corrente pode deter o curso da vida
Quero que sejas livre como eu próprio quero ser

Companheiros de uma viagem
que está começando
cada vez que nos encontramos novamente

(Geraldo Eustáquio de Souza)

P.s: Esse texto chegou na rede do Escambo pelo nosso saudoso Leandson, grande instigador do amor livre assim como eu, se deliciem com a possibilidade da liberdade que pode existir no amor, é só se abrir.

4 comentários:

Inventivos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Inventivos disse...

que maravilha de poesia,nos delicie mais com essas pérolas...um forte abraço a todos do La Trupe.

micinete mulher! disse...

lindissimo

olharpordentro disse...

Se é amor tem que ser livre...